Raízes em nossa convicção

Estamos comprometidos que não haja desmatamento algum em nosso abastecimento de óleo de palma, óleo de kernel e derivados.

Visão geral das metas

Os novos objetivos da P&G exigem a garantia do desmatamento zero na sua cadeia inteira de fornecimento de palma. Nossos compromissos específicos incluem:

  1. Estabelecer a rastreabilidade para todos os engenhos de óleo de palma e kernel até 31 de dezembro de 2015. ATINGIDO.

  2. Garantir o desmatamento zero na cadeia de abastecimento e para plantações de palma até 2020.

    • Para o óleo de palma, exigir que fornecedores apresentem planos até 31 de dezembro de 2015, que demonstram como eles irão garantir o desmatamento zero na cadeia de abastecimento para suas fábricas até 2020. ATINGIDO
    • Para o óleo de kernel, investir e trabalhar com pequenos agricultores, com o objetivo de melhorar as suas práticas para garantir o desmatamento zero na cadeia de abastecimento até 2020.
  3. Trabalhar com fornecedores, indústria similares, ONGs, peritos acadêmicos e outras partes interessadas para promover padrões consistentes da indústria e práticas para abastecimento de óleo de palma sustentável.

  4. Continuar a apoiar os direitos humanos universais, conforme descrito nas diretrizes existentes de sustentabilidade para fornecedores e para apoiar os direitos dos povos indígenas na P&G.

  5. Relatar anualmente os progressos realizados para alcançar esses objetivos.

Detalhes de nossa política de óleo de palma

Óleo de palma é um óleo vegetal importante e versátil que é usado como matéria-prima para as indústrias alimentar e não alimentar. A palma é uma cultura altamente produtiva, exigindo o uso menor de terra do que outras alternativas e pode contribuir para desenvolvimento econômico e redução da pobreza em regiões onde é produzida. Estes aspectos positivos têm conduzido a um aumento significativo da procura global de óleo de palma e levou à rápida expansão das plantações de palma. Em algumas regiões do mundo, a rápida expansão da produção de óleo de palma tem ameaçado áreas ambientalmente sensíveis das florestas tropicais e turfeiras e resultou em alguns incidentes onde foram violados os direitos dos trabalhadores e dos povos indígenas.

A P&G utiliza relativamente pouco óleo de palma, mas nós usamos um subproduto da produção de óleo de palma, chamado óleo de kernel. O uso combinado de óleo de palma, óleo de kernel e derivados representam menos de 1% de nossa produção mundial. Enquanto nosso uso geral é pequeno, nós reconhecemos nossa responsabilidade para garantir que nosso abastecimento de materiais derivados de palma não contribui para o desmatamento ou infringe os direitos dos trabalhadores e dos povos indígenas.


Nosso compromisso

A P&G está empenhada em garantir que nosso abastecimento de óleo de palma, óleo de kernel e derivados não contribuam para o desmatamento e respeite os direitos dos trabalhadores e dos povos indígenas.


A P&G é membro da Roundtable on Sustainable Palm Oil (RSPO), e continuaremos a apoiar normas RSPO como um mecanismo-chave para práticas responsáveis da palma em toda a indústria. Dada à pressão contínua sobre florestas e turfeiras, reconhecemos a necessidade de tomar medidas adicionais além da RSPO para confirmar que os materiais derivados de palma que compramos não estão contribuindo para o desmatamento. Portanto, para garantir que não haja nenhum desmatamento em nossa cadeia de fornecimento de palma, nós iremos:

  • Desenvolver uma cadeia de suprimentos rastreável.
  • Certificar que nossos fornecedores seguirão os critérios da RSPO para garantir:
    • Não explorar áreas de preservação de valores (HCV) e florestas de estoque de carbono (HCS).
    • Não escavar terras para a extração de turfas não importando a profundidade.
    • Não façam queimadas para limpar a terra para o desenvolvimento ou plantio.
    • Que eles cumpram com as diretrizes de sustentabilidade da P&G para fornecedores.
    • Respeitar os direitos humanos e trabalhistas.
    • Respeitar os direitos de posse de terra, incluindo os direitos das comunidades indígenas e locais para assegurar e reservar sua liberdade, e informar previamente o desenvolvimento da terra que eles possuem legalmente e comunitariamente por suas tradições.
  • Trabalhar com fornecedores, indústria parceiras, ONGs, peritos acadêmicos e outros interessados, para promover padrões consistentes para indústria e práticas em terceirização com o objetivo de alcançar a total rastreabilidade e eliminando desmatamento na produção do óleo de palma.

Nossas ações

  1. Óleo de palma. As seguintes ações serão aplicadas em nossas compras de óleo de palma e seus derivados:

    • Nós estabelecemos a rastreabilidade para todos os engenhos de óleo de palma em 31 de dezembro de 2015.
    • Exigimos que fornecedores apresentem planos necessários, até 31 de dezembro de 2015, para demonstrar como eles irão garantir o desmatamento zero em sua cadeia de abastecimento até 2020.
    • Conforme avançarmos o progresso em direção a nossos objetivos descritos acima, continuaremos a comprar óleo de palma 100% certificado pela RSPO Palma de óleo.
  2. Óleo de kernel. As seguintes ações serão aplicadas em nossas compras de óleo de kernel:

    • Nós estabelecemos a rastreabilidade para todos os engenhos de óleo de kernel em 31 de dezembro de 2015.
    • Vamos investir em e trabalhar com fornecedores de óleo palma de kernel e os pequenos agricultores que nos fornecem com o objetivo de melhorar tanto as práticas e os meios de subsistência para estabelecer o desmatamento zero em nossa cadeia de abastecimento até 2020. Vamos trabalhar durante os próximos seis meses para definir os detalhes desta abordagem e então apresentar nossos planos.
  3. Derivados de óleo de palma e óleo de kernel

    • Vamos exigir dos fornecedores a apresentação de planos até o final de 2016 para demonstrar como eles irão garantir o desmatamento zero em suas cadeias de suprimentos.
  4. Vamos continuar a trabalhar com o fórum de bens de consumo e outros grupos de partes interessadas para promover esforços para padrões consistentes da indústria e processos destinados a alcançar a rastreabilidade dos produtos e eliminar o desmatamento.

  5. Reportaremos progresso em cada uma dessas metas, pelo menos anualmente através de nosso relatório de sustentabilidade.

Tem dúvidas sobre óleo de palma? Leia as nossas FAQs.

Mais